Os estatutos do Centro Social Paroquial foram aprovados pelo Patriarcado de Lisboa a 1 de Julho de 1998, e registados a 16 de Novembro do mesmo ano, pela Direção Geral de Ação Social, no Livro n.º 5 das Fundações de Solidariedade Social, sob o n.º 33/99, nas folhas 194 verso e 195, e publicados em Diário da República, III Série, n.º 11, de 14 de Janeiro de 2000.

Hall Entrada CSPSB

Os primeiros Órgãos Sociais são nomeados a 11 de Abril de 2002 e a 1 de Junho do mesmo ano iniciam a gestão e dinamização de um Centro de Convívio a funcionar na sala anexa à Igreja Paroquial, para o qual existia um acordo de cooperação entre o Instituto de Solidariedade e Segurança Social e o Centro Social Paroquial da Amadora. O empenho de um grupo de voluntárias, extremamente generosas, e a dedicação da nossa única funcionária durante 2 anos, fizeram crescer em número dinamismo e atividade o grupo de idosos que frequentavam aquele equipamento. Quando em 27 de Fevereiro de 2004 é assinado o acordo de cooperação para 30 idosos na valência de Centro de Convívio, a instituição tem já 56 pessoas inscritas numa frequência média diária de 45 utentes apesar das limitações físicas e económicas.

A Câmara Municipal da Amadora convidou o Centro Social a gerir e dinamizar os Equipamentos Sociais por ela construídos na Urbanização do Casal da Boba destinada quase na totalidade para o realojamento de populações carenciadas. No verão de 2004 com o financiamento da Fundação Calouste Gulbenkian e o apoio de voluntários foi realizada a primeira colónia de férias com o objetivo de intervir diretamente nos habitantes do bairro nomeadamente nas crianças adolescentes e jovens. A mesma fundação financiou o equipamento das instalações da creche e do ATL Jovem bem como um ano da sua dinamização.

Com o esforço e a dedicação dos Corpos Sociais, funcionários, voluntários, utentes e todos os membros da paróquia o Centro iniciou o desenvolvimento das suas atividades. No dia 2 de Janeiro de 2005 transfere-se a valência de Centro de Convívio de Idosos e inicia-se a valência de Centro de Dia ainda que sem acordo de Cooperação. No mês de Fevereiro dão início as atividades do ATL-Jovem e em Março o ATL para crianças; todas estas valências sem acordo de cooperação.
Ao abrigo de um acordo de cooperação, a Creche inicia as suas atividades em Outubro e ao mesmo tempo e sem acordo, inicia-se a valência do Jardim-de-infância.

Atualmente encontra-se em funcionamento:

  • Centro de Dia para Idosos, com 30 Utentes, com acordo de cooperação para 15 utentes celebrado em 29/08/2008. Este Acordo é consequência da reconversão do Acordo de Centro de Convívio para 30 utentes datado de 27/02/2004;

  • Centro de Convívio para Idosos, para 30 Utentes, sem acordo com o ISSS;

  • Serviço de Apoio Domiciliário, com acordo de cooperação assinado em 13/07/2006, abrangendo 10 utentes;

  • Creche com 58 utentes, com acordo com o ISSS e 15 utentes sem acordo. O primeiro Acordo de Cooperação foi celebrado em 11/11/2005 abrangendo 36 utentes, tendo sido revisto em 13/03/2009 com alargamento a 58 utentes;

  • Jardim-de-infância para 50 utentes, sem acordo de cooperação.