Toda a ação do Centro Social inspira-se no Evangelho de Jesus Cristo que a Igreja recebeu, anuncia e põe em prática pela ação do espírito Santo fazendo aparecer no mundo a comunhão fraterna que nos faz viver com filhos do mesmo pai, numa igualdade de direitos, deveres e dignidade. Tendo como padroeiro São Brás, inspiramo-nos no seu testemunho heróico do anúncio da fé e do cuidado pelos que sofrem. A nossa ação fundamenta-se também na reflexão da Igreja sobre as questões sociais apresentada formalmente num vasto conjunto de documentos a que chamamos Doutrina Social da Igreja que obedece genericamente aos seguintes critérios:

  1. respeito pela dignidade da pessoa humana e o dever de contribuir para o seu desenvolvimento moral, espiritual e cultural;
  2. apoiar a difusão de princípios humanitários, que promovam a dignidade da pessoa humana, decorrentes do Evangelho, da doutrina Social da Igreja e consagrados na Declaração Universal dos Direitos do Homem, e ainda em recomendações e convenções internacionais nomeadamente, a Convenção sobre os Direitos da Criança e na Convenção Europeia dos Direitos do Homem;
  3. o fornecimento do sentido comunitário, de modo que os indivíduos, as famílias e os demais agrupamentos da paróquia, empenhando-se num trabalho em comum, se tornem promotores da sua própria valorização;
  4. a criação da comunicação cristã de bens e de ajuda mútua, bem como o apoio aos mais carenciados, mobilizando para o efeito os indispensáveis recursos humanos e materiais;
  5. Organização de atividades de formação humana, técnica e espiritual, e a promoção de ações culturais, educativas, recreativas, bem como de assistência e de saúde, que se julguem necessárias para o desenvolvimento integral das pessoas;